90 milhões de vacinas da Pfizer chegrarão ao Brasil nos próximos três meses


A farmacêutica americana Pfizer reiterou que nos próximos três meses trará ao Brasil cerca de 90 milhões de doses de sua vacina contra covid-19, confirmando as projeções do Ministério da Saúde.


A empresa também confirmou que entre outubro e dezembro mais 100 milhões de doses estarão no país.


O ministério tem dois contratos com a Pfizer para aquisição de 200 milhões de doses. E segundo o Valor já noticiou houve ao menos uma oferta por parte da empresa para um possível terceiro contrato, para 2022.


A direção da companhia no Brasil, no entanto, disse à reportagem que não comenta negociações que mantém com o governo brasileiro.


Disse também que não está claro ainda se a população vacinada com duas doses terá a necessidade de uma terceira dose de reforço no ano que vem.


“Ainda não há uma resposta definitiva sobre esse tema”, disse a Pfizer por meio de nota. “Voluntários que participaram do estudo clínico de fase 3 seguem sendo acompanhados para que se possa chegar a uma resposta definitiva quanto à terceira dose ou possíveis doses de reforço.”


Quanto aos dois contratos já firmados com o governo federal, o laboratório disse ter entregue até o momento mais de 10 milhões de doses. As vacinas são importadas.


“Reafirmamos nosso compromisso com o país para a entrega de 200 milhões de doses da nossa vacina até o final de 2021 conforme cronograma estimado em contrato, que considera 100 milhões de doses entregues até o final do terceiro trimestre e outras 100 milhões durante o quarto trimestre”, afirmou a empresa.


Fonte: Valor Econômico

5 visualizações0 comentário