ARARIPINA: Pimentel critica PL de Roberta Arraes que propõe mudar nome do Aeroporto


Tramita na Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe, um projeto que sugere a mudança do nome do aeroporto de Araripina, de Mairson Bezerra para Expedito Arraes. A informação foi levada ao conhecimento público nessa sexta-feira (09), na Rádio Arari FM, e repercutiu negativamente em toda região. O Aeroporto de Araripina se chama Mairson Bezerra, piloto araripinense, que morreu em um acidente aéreo em 7 de dezembro de 2002 na mesma cidade, quando tentava aterrizar o bimotor que pilotava que explodiu e bateu em um barranco. Também morreu o vereador Eduardo Rodovalho. Ficaram feridos, o ex-prefeito Valdeir Batista, esposa Dona Edna e uma sobrinha. O prefeito de Araripina Raimundo Pimentel, disse ao comunicador Roberto Gonçalves na manhã de hoje, estar decepcionado sobre a possibilidade, pois o projeto sugere o nome de Expedito Arraes, pai do ex-prefeito Alexandre Arraes, casado com a deputada estadual Roberta Arraes, autora do PL. O nome de Mairson foi uma homenagem prestada por Raimundo, na época, deputado estadual. Ele disse que se sente feliz com a reforma, mas discorda da mudança, já que Mairson foi o primeiro piloto de avião de Araripina. “O Valdeir viabilizou um curso de piloto para ele, era um sonho de criança. A gente fica triste em ver alguém que se diz representante da região querer mudar o nome de um equipamento público que foi uma homenagem a uma pessoa como Mairson, que faleceu naquele trágico acidente. Essa homenagem que fiz, é pra todos os jovens que sonham com alguma coisa melhor e principalmente uma homenagem à família”, contou Pimentel. Roberta Arraes destinou parte das suas emendas impositivas para a restauração do aeroporto que já está em andamento. “Ela devia encontrar outra forma de homenagear seu sogro, um homem de bem, empresário que merece nosso respeito, mas tem muitas outras formas da gente homenagear sem desrespeitar a memória daqueles que já se foram”, disse Pimentel, que considerou uma atitude injusta por parte da deputada, ele disse que pretende conversar com deputados sobre o assunto. “É um precedente terrível, você faz uma homenagem e aí chega alguém que homenagear um parente seu, vai lá e tira a homenagem que foi feita a uma pessoa que já se foi”, lamentou. Raimundo Pimentel conta que na época fez também homenagem ao vereador Eduardo Rodovalho, dando seu nome ao Centro Tecnológico. Para ele, essa atitude desrespeita a família Batista e a todos que se sentiram homenageados por um gesto de reconhecimento. O projeto será avaliado pelo relator, o deputado Antônio Moraes. O prefeito Raimundo Pimentel propôs a homenagem ao Expedito Arraes em outra obra. Cidinha Medrado para o Blog do Roberto

0 visualização0 comentário