Auxílio doença não pode ser bloqueado sem perícia


Segurados do INSS que recebem o auxílio-doença não podem ter o benefício cortado sem antes passar por uma perícia médica. É o que determinou um juiz do Tribunal Regional Federal da Terceira Região. Por conta da pandemia, o INSS suspendeu as perícias médicas para a concessão do auxílio-doença, hoje chamado de benefício por incapacidade temporária.


Os atendimentos já foram retomados, mas de forma agendada e mais demorado. De acordo com a sentença, o benefício após concedido só pode ser suspenso ou cortado com a avaliação médica. O INSS não informou se vai recorrer da decisão. (MaisNews)

16 visualizações0 comentário