Compesa solicita à Arpe reajuste de 11,68% e deputada pede que consumidores se posicionem


A deputada estadual Priscila Krause (Cidadania) informou através de suas redes sociais, em vídeo postado agora há pouco, que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) deu entrada na Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) no processo de revisão extraordinária das contas de água e esgoto solicitando reajuste de 11,68%. De acordo com Priscila, a audiência pública virtual obrigatória para validar ou não aumentos desse tipo teve início às 13h30 desta quarta-feira e segue até a próxima terça-feira (14).


Segundo as informações da Arpe, a revisão extraordinária seria decorrente do “aumento nos custos de energia elétrica durante o período de vigência da bandeira tarifária escassez hídrica (01/09/2021 a 16/04/2022).


Segundo Priscila Krause, é importante que os consumidores se mobilizem para impedir que qualquer revisão extraordinária seja realizada, principalmente porque a Companhia tem apresentado resultados positivos nas demonstrações contábeis e o País já vivencia um momento de aceleração inflacionária que tem corroído os orçamentos das famílias e empresas. “A Compesa administrada pelo PSB é recordista em aumentos da conta de água, ano passado foram dois e agora, a um mês do reajuste anual, previsto para julho, protocolam pedido de revisão extraordinária, um tipo de aumento que pouquíssimas companhias de abastecimento do País tem realizado”, registrou.


Na nota técnica enviada pela Compesa à Arpe – já em discussão na audiência pública virtual que ocorre na modalidade intercâmbio documental – a Companhia afirma que houve “um desequilíbrio com as despesas de energia elétrica e produtos químicos decorrentes de fatos não previstos e não administrados, podendo ser motivo de uma revisão extraordinária”. No documento em pauta, datado ainda de dezembro de 2021, a Compesa registra que há uma defasagem de R$ 115,9 milhões relativos aos custos da energia elétrica e mais R$ 69,8 milhões com produtos químicos para os próximos doze meses. Em 2021, a Arpe chancelou aumentos de 2,40% em janeiro e mais 11,9% em agosto. (Blog do Magno)

0 visualização0 comentário