Consórcio Nordeste apresenta proposta para compra de milhões de doses da vacina russa contra a Covid



Consórcio Nordeste apresenta, nesta sexta-feira (12), proposta ao Fundo Soberano Russo para a compra de 39,6 milhões de doses da vacina Sputnik V. A informação foi anunciada pelo governador da Paraíba, João Azevêdo.

Segundo o gestor paraibano, as doses deverão ser incorporadas ao Plano Nacional de Imunização (PNI).

O contrato será celebrado entre Governo Federal, Consórcio Nordeste, Fundo Soberano Russo e União Química – farmacêutica responsável pela fabricação do imunizante no Brasil.

“Isso garantirá a continuidade da vacinação. O Brasil precisa, mais do que nunca, de união e vacina! É assim que venceremos essa pandemia”, publicou o governador em seu perfil no Twitter.

Em uso em outros países, como a vizinha Argentina, a russa Sputnik ainda não obteve aprovação para uso no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Estudos preliminares publicados na revista científica The Lancet indicam que a Sputnik tem eficácia de 91,6% contra a Covid-19. A negociação com o Fundo Soberano Russo começou ainda no ano passado e, segundo João Azevêdo, teve como principal articulador o governador da Bahia, Rui Costa. A compra e a entrega das vacinas se tornaram possíveis após a sanção presidencial à Lei nº 534/2021, que autoriza a compra de vacinas diretamente por pessoas jurídicas de direito privado.


Folha PE

0 visualização0 comentário