Conselho Empresarial da FIEPE discutirá situação do distrito industrial de Araripina


O Conselho empresarial da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), unidade regional do Araripe, deu início à discussão de temas relacionados ao setor na região, em uma reunião dos membros que aconteceu na terça-feira (23) de fevereiro. Na oportunidade, foram levantados temas de interesse do setor de indústrias em Araripina que se tornaram motivos de críticas e cobranças por empresários. Para Josemberg Laurentino, gerente regional da FIEPE no Araripe, existem determinadas carências, na infraestrutura, iluminação pública, coleta de resíduos, entre outros assuntos que foram abordados e solicitados dos setores responsáveis soluções imediatas. A afirmação foi feita nessa quinta-feira (25), ao comunicador Roberto Gonçalves na Rádio Arari FM.


“Uma das grandes preocupações que foram levantadas lá, foi à situação do nosso setor industrial. Estávamos com dúvidas se era municipal ou estadual. Então, juntamente com o Sindugesso, promovemos uma reunião na terça-feira (23) com o presidente da Ad Diper, e lá chegamos a um consenso, o que é de responsabilidade do estado, o que é de responsabilidade do município, e a gente tá trabalhando para que o distrito industrial seja melhorado”, disse.


Josemberg Laurentino avisou que esteve com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Araripina, Leonardo Batista, para que as demandas sejam colocadas em pauta. Outra dificuldade, segundo ele, é que novas empresas não conseguem se instalar por conta da burocracia, e afirmou que assuntos como esses, serão debatidos também com os prefeitos da região.


“Enquanto Conselho, estamos provocando prefeitos de outras cidades. Na segunda-feira (01), teremos uma reunião prévia com a prefeita de Trindade, Helbe Rodrigues, onde vamos também levantar pontos em relação as indústrias lá. Depois vamos procurar os outros prefeitos também”, avisou Josemberg

O diretor destacou a importância dessas reuniões do Conselho para que assuntos pertinentes à indústria estejam sempre em debate e para que os empresários sejam providos de conteúdo atualizado e relevante sobre o setor. Ele deixou claro que as reuniões não vão falar somente sobre empresas de gesso, mas de outros temas, como bacia leiteira, calçados, metal mecânica, entre outros.

“É um trabalho que a Federação em Pernambuco faz, e notadamente o Conselho do Araripe luta para fortalecer as indústrias da região. A gente está trabalhando para trazer novas indústrias. É um trabalho que chamamos de defesa de interesse, onde praticamos a política industrial, mas não temos interesse de praticar política partidária, a gente não quer saber quem está na cadeira do prefeito, se é do partido A se é do partido B, o que a gente quer é que ele trabalhe para fortalecer mais ainda a indústria do Araripe”, disse ele.


Por Cidinha Medrado para o blog do Roberto

0 visualização0 comentário