Deputada Dulci solicita utilização dos hospitais das Forças Armadas no combate à Covid-19 em PE


_Em ofício enviado ao governador de Pernambuco, a parlamentar sertaneja sugere uma parceria entre o governo estadual e o Ministério da Defesa para garantir o atendimento dos pacientes pernambucanos._ A deputada estadual Dulci Amorim (PT) encaminhou, nesta quinta-feira (8) ao Palácio das Princesas, um ofício direcionando ao governador do Estado Paulo Câmara. O teor do documento trata da viabilização de uma parceria entre o governo estadual e o Ministério da Defesa. No ofício, Dulci Amorim sugere a disponibilização dos hospitais militares e da força de trabalho dos profissionais de saúde da Marinha, Exército e Aeronáutica para o atendimento dos pacientes com Covid-19 no Estado. Para a parlamentar a ideia é aproveitar a estrutura ociosa de saúde desses hospitais para socorrer os pernambucanos. "O Estado, assim como o todo o Brasil, está vivenciando um momento crítico. Estamos sim numa guerra contra esse vírus e suas variantes. Por isso, precisamos usar toda estrutura possível para salvar vidas", justificou Dulci Amorim. Dados sobre os hospitais militares Segundo reportagem da Folha de São Paulo, após determinação do Tribunal de Contas da União (TCU), as Forças Armadas abriram os dados sobre ocupação de leitos para pacientes com Covid-19 nos hospitais militares. As planilhas mostram que as Forças bloquearam leitos à espera de militares em enfermarias e UTIs e que há unidades com até 85% de vagas ociosas. Ainda segundo a reportagem, essas unidades consumiram pelo menos R$ 2 bilhões do Orçamento da União em 2020, segundo auditoria do TCU.

0 visualização0 comentário