Inteligência artificial incrível permite "dar vida" a fotos antigas, fiz uma foto do meu pai, veja


(Essa era uma foto do meu pai José Oliveira- Cidinha Medrado) veja que incrível


Chamada de Deep Nostalgia, a ferramenta foi lançada pela MyHeritage para criar vídeos de antepassados a partir de fotografias. O serviço usa uma IA criada pela empresa D-ID para simular movimento em imagens estáticas. O programa aplica nas fotos alguns filtros de vídeos pré-gravados contendo expressões faciais e movimentos de cabeça e, com isso, o rosto da pessoa da fotografia “ganha vida"..


A novidade é como uma versão aprimorada do Live Photos, funcionalidade do iOS que registra imagens e sons antes da foto. A diferença é que o Deep Nostalgia permite usar fotos tiradas em qualquer máquina, inclusive aquelas de seus parentes já falecidos há muito tempo. É uma forma de recordar de entes queridos que viveram em épocas diferentes.


O MyHeritage é uma plataforma de genealogia online que oferece serviços e produtos, possibilitando que o usuário crie árvores genealógicas, suba fotos, bem como pesquise em 9 bilhões de registros históricos globais. Para testar a funcionalidade, basta criar uma conta gratuita no site; a partir disso, é só fazer o upload de até cinco fotos de algum parente e pronto — o site cuida de todo o restante, criando um GIF.


Memes já tomam a internet

Alguns usuários estão utilizando Deep Nostalgia para dar vida a fotos de personalidades históricas, pinturas e esculturas — mas já deixamos avisados que algumas podem ser bem assustadoras. Confira a seleção (por sua conta e risco) com alguns exemplos:


Para quem está preocupado com a segurança das imagens, o MyHeritage garante que as fotos ficam armazenadas em um servidor seguro e não serão compartilhadas com mais ninguém. Mas o site já sofreu com vazamentos em 2019, por isso é bom tomar cuidado para garantir a sua privacidade e da sua família.


A quem quiser testar a novidade, pegue o lencinho de papel e se prepare para uma experiência única e nostálgica.


Fonte: The Verge

125 visualizações0 comentário