Lira: Imposto para financiar auxílio 'não é a melhor solução'



O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta quinta-feira (11) que um imposto para financiar o programa que deve substituir o Auxílio Emergencial “não é a melhor solução” e que acredita em uma saída da equipe econômica para resolver a questão o mais rápido possível.

“Não tenho dúvida de que se a gente dissesse que é um imposto para pagar auxílio, o imposto passaria no Congresso. Mas não é a melhor solução, vamos arrumar uma saída. [O ministro da Economia] Paulo Guedes vai nos dar uma solução que não machuque o teto de gastos. A temperatura está subindo, estamos ouvindo os relatos dos prefeitos e governadores”, disse Lira. Para Lira, o imposto “como ideia geral é muito ruim para a sociedade”. Ele vai na mesma linha das declarações do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da própria equipe econômica, que não concordam com a criação de um tributo para financiar o auxílio. A substituição do Auxílio Emergencial é prioridade no governo. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) conta com a solução do projeto para se capitalizar eleitoralmente para 2022. (G1)

3 visualizações0 comentário