Médica da Ter+Saúde indica como restaurar o olfato que foi afetado por causa da Covid-19


Drª Dallany Sampaio atende todas as quintas, na parte da tarde, na Clínica Ter+Saúde de Araripina A médica otorrinolaringologista, Dallany Sampaio, estará rotineiramente trazendo dicas com orientações importantes sobre saúde, no programa Araripina Urgente da Arari FM. A ideia abriu um leque com vários temas relacionados a este ramo da medicina. O otorrinolaringista é o médico que cuida de áreas como: nariz, garganta e ouvidos. A doutora respondeu nesta quinta-feira (5), um questionamento muito sério, cheio de dúvidas, principalmente para quem teve Covid-19, que é a perda do olfato. Apesar de 90% dos pacientes com alteração no olfato associada a Covid-19 apresentarem recuperação parcial, ou total, da capacidade de sentir cheiros e gostos, após um mês da doença 10% persistem com perda total desses sentidos e, em alguns casos, o dano poderá ser irreversível. “Você que perdeu ou diminuiu o olfato com a Covid-19, deverá fazer a reabilitação do olfato, o que chamamos de treinamento olfatório. Tem 7 odores que as pessoas deverão cheirar duas vezes ao dia cada um, por pelo menos 10 segundos com intervalos de um minuto entre cada um. São eles: mel, café, cravo, essência de baunilha, suco de tangerina concentrado, vinagre de vinho tinto, e creme dental de menta”, disse a especialista. Segundo ela, este treinamento vai ajudar a recuperar o olfato aos poucos, porém em alguns casos, são necessárias tratamentos medicamentosos. Assim, é preciso uma consulta com um otorrinolaringologista. Tocador

1 visualização0 comentário