Nota de Repúdio da família de Mairson Rodrigues Bezerra


Ontem, 08/04, nossa família foi surpreendida com a informação sobre um Projeto de Lei de 2020, de autoria da deputada estadual Roberta Arraes, em que o Aeroporto Regional do Sertão do Araripe é denominado por Expedito Granja Arraes. Diante o conhecimento desse fato, nós decidimos nos manifestar como uma forma de repúdio a essa determinação. Nossa família tem total respeito pelo grande comerciante e cidadão Araripinense que foi Expedito Arraes, mas demonstramos aqui toda nossa insatisfação diante a nomeação do Aeroporto de Araripina, já que o seu nome tinha sido anteriormente oferecido (2013) pelo então deputado estadual Raimundo Pimentel com a mais justa justificativa relatada na história de Mairson Rodrigues Bezerra, um dos primeiros pilotos de avião nascido no município de Araripina e que morreu trabalhando no próprio local que seria denominado em sua homenagem.

Meu pai tinha na aviação como um dos seus maiores sonhos. Seu amor por voar era sua marca. Em 2002, ele trabalhava quando faleceu aos 37 anos num acidente trágico no Aeroporto de Araripina. Desde então nós buscamos todos os meios de que ele pudesse ser lembrado. Luta essa que foi de forma justa oferecida em 2013 pelo então deputado Raimundo Pimentel e que em 2020 a deputada Roberta Arraes solicitou a revogação de uma homenagem que traz uma das maiores lembranças que poderíamos ter de Mairson. Externamos aqui nossa decepção e tristeza diante uma homenagem feita há 8 anos e que sempre foi esperada por toda a nossa família. Independente de poder político, deixamos a certeza de que lutaremos pela recuperação desse projeto, pois a nomeação desse Aeroporto é a maior lembrança que temos dele. É uma questão de honra para a nossa família.


Blog Roberto Gonçalves/Foto: arquivo familiar


0 visualização0 comentário