OURICURI: Em 3 meses a Covid-19 tirou três pessoas da família do irmão Zito da Granja São José


Em um intervalo de apenas três meses e uma semana, uma família de Ouricuri, precisou lidar com a dor de enterrar três parentes por causa da Covid-19. Pai, mãe e filha morreram com a doença entre os dias 04 de fevereiro e 15 de maio.


A filha mais velha do casal Alves, Lourdes e José, Massicleide Alves de 47 anos, estava em Recife para cuidar do esposo que tem Leucemia, com uma vida simples e sem movimentações, a dona de casa provavelmente foi contaminada pelo novo coronavírus em uma unidade hospitalar.


Quando faleceu em Recife, no dia 4 de fevereiro o corpo de Massicleide foi enterrado em Ouricuri, muita gente compareceu ao velório, desapropriadamente, alguns sem tomar os devidos cuidados, ela era uma mulher muito querida. Isso levanta a suspeita de que durante o velório algumas pessoas foram contaminadas. Uma nora do casal foi a primeira a aparecer com os sintomas, em seguida outras pessoas também ficaram infectadas.



Em março Lourdes Alves de 64 anos se surpreendeu com a positividade para Covid-19, dias depois faleceu, ela já tinha comorbidades como diabetes e hipertensão, fora visto algumas vezes desprotegida atendendo no comércio da família. Depois da morte de Lourdes, o marido José Alves de 66 anos (popular irmão Zito da Granja São José) teve que fazer um procedimento para diabetes, ele também tinha hipertensão arterial. Corria riscos de perder uma perna, mas seguiu para tratamento e no hospital testou positivo, ficou muitos dias intubado, mas infelizmente não conseguiu, a Covid-19 calou a sua vida em 15 de maio (sábado) pela manhã.


152 visualizações0 comentário