OURICURI: grávida de dois meses estava sendo coagida a fazer aborto indesejado


Uma mulher grávida de dois meses estava sendo ameaçada a fazer um aborto involuntário, ela estava no centro de Ouricuri, na Avenida Fernando Bezerra quando foi abordada com este constrangimento ilegal na tarde de domingo (8) por volta de 14:40h.


Os policiais foram acionados e na ocasião, constatou-se que a senhora M. E. V. F, 31 anos estava em perigo por R. P. S, 32 anos. A ocorrência foi apresentada na DPC para providências cabíveis.


Cidinha Medrado


89 visualizações0 comentário