OURICURI: Presidente da Câmara Iran Severo cobra postura e ética de vereadora em reunião ordinária


O vereador presidente da câmara de Ouricuri, Iran Severo (PRTB), na reunião ordinária dessa terça-feira (19), cobrou comportamento adequado dos colegas durante as reuniões em público, ele disse que é preciso ética e que as discussões internas são necessárias para ajustar a pauta que será apresentada para a população, disse isso, após ser questionado pela vereadora Williane Alencar (PT), que reclamou que alguns dos seus projetos não estavam indo para a leitura, isso acabou criando um clima tenso.


“Quero saber porque o artigo 111 do Regimento não está sendo cumprido, não estou entendendo o motivo de alguns projetos de leis estarem vindo para leitura e uns não estão vindo, porque os que não passaram por todas as comissões não faltaram para o plenário, e por que o projeto de lei tem que entrar para leitura antes de passar para a comissão, no caso, o meu, não tá passando para leitura conforme o art 66, gostaria que o senhor presidente interpretasse por favor”, disse a vereadora.


O presidente da casa chamou a atenção da colega à cerca do seu comportamento durante a reunião, ele explicou que os projetos são encaminhados para a assessoria responsável pela definição jurídica, e que os projetos protocolados vão à pauta de acordo com que foi passado pelos advogados.


“O que estamos recebendo da assessoria jurídica conforme os pareceres a gente encaminha na pauta, os projetos que estamos encaminhando para as comissões hoje, não estão indo para votações, para posterior análise das comissões, que sejam apresentadas em emendas ou não, ou votado na íntegra, a questão dos projetos que tramitam na casa, a qual a senhora se refere, a gente encaminha a nossa assessoria jurídica e nas suas medidas, vão dando a resposta, e assim a gente vai apresentando, não é a questão de um projeto atropelar o outro, porque na realidade cada um tem as suas particularidades, então nesse momento a gente não pode parar a pauta da sessão aguardando um único parecer, enquanto isso, a câmera dá prosseguimento a outros, nós temos prazo para analisar o projeto, para apresentar emenda e para votarmos”, disse o presidente.



A vereadora por sua vez, expressou que estava sendo prejudicada, não conforme suas particularidades, mas acredita que alguns artigos do Regimento Interno não estrão sendo cumpridos e que isso, atrapalha suas prerrogativas como vereadora.



Em resposta a isso, o presidente Iran Severo foi taxativo, e exigiu que seja mantido na casa o clima de harmonia que vem acontecendo, que o povo não quer ver discussões, mas resultados, e que a casa vem legislando em conjunto, mas que a vereadora não comparece em nenhuma reunião de discussão interna e que não procura a casa para tirar as dúvidas que tem em relação à pauta, projetos e outros assuntos pertinentes para a Casa Legislativa.

23 visualizações0 comentário