OURICURI: "Projeto Social Divas em Ação" pede ajuda para continuar alimentando famílias carentes

Com a pandemia do novo coronavírus, agravou-se o quadro de pobreza e miséria no Brasil, uma permanente preocupação das famílias neste tempo em que não se sentem influenciadas pelo social, por falta de políticas públicas, projetos que suscetibilizem, por falta de uma ação mais expressiva. A família que passa fome vive dias de carências, com a falta de alimentos e atenção. Os últimos dados do Ministério da Cidadania confirmam que 39,9 milhões de pessoas vivem na extrema pobreza no Brasil. O número supera a população inteira do Canadá, que é de 38 milhões de habitantes. (Conheça esta história).

As falhas em assistência por parte de representantes tem empurrado a responsabilidade para projetos sociais de ajuda à famílias carentes. Em Ouricuri, por exemplo, acompanhamos o trabalho do projeto Divas em Ação, que acaba de enviar um sinal de alerta à toda a sociedade, em busca de força e doações, para continuar alimentando famílias com a distribuição de cestas básicas., O projeto que fica no bairro Nossa Senhora de Fátima, na Avenida 13 de Maio, é comandado por um grupo de 15 mulheres, que há 4 anos iniciaram com, além das cestas, também alguns atendimentos específicos.

"Sempre agindo com o coração e a solidariedade que Deus nos deu, tentamos amenizar a fome das pessoas que pedem socorro. Sem recursos financeiros e sem ter ajuda de nem um órgão, nos sentimos prejudicadas nessa pandemia, devido aos inúmeros pedidos, é que nesse momento também nos faltam condições. Muita gente está desempregada, com benefício cortado, mas tendo que pagar aluguel, água, luz e alimentar a família, é de cortar coração", disse a presidente do projeto, Etelvina Maria



O projeto inicia uma nova campanha, na esperança de aumentar o número de doações, também realizando a rifa de uma eletrodoméstico para angariar algum recurso e reiniciar os atendimentos.


"Sempre fizemos entregas de cestas básicas às mães cadastradas no mês de maio e em seguida, um farto café da manhã. Mas este ano estamos impossibilitadas de fazer qualquer mimo ou lembrar quanto são importantes com alguma lembrança", lamentou Etelvina.


Os pedidos são diários, mas infelizmente a associação está quase fechada e sem ter como arcar com aluguel onde fica sua sede, pede que as pessoas sensibilizadas procure as representantes para com humildade continuar o trabalho que tem objetivo de tirar o povo da desesperança.


Quem desejar comprar uma rifa de 2 reais para ajudar as Divas, é só entrar em contato, o prêmio é um liquidificador. O contato da presidência é (87) 99800-3538.



Cidinha Medrado



105 visualizações0 comentário