11ª Exparná e 1ª Expoleite de Parnamirim superam expectativa da gestão municipal



Realizada pela Prefeitura de Parnamirim, a 11ª Expoparná, considerada a maior do Sertão Central, encerrou-se nesse fim de semana, e contou com palestras, torneios, leilão de animais, rodada de negócios e shows musicais. O evento recebeu público recorde durante os três dias de exposição no CEASA da cidade.


As vendas de caprinos e ovinos alcançaram mais de R$ 100 mil, superando as expectativas dos criadores e da organização da feira. Todas as baias foram ocupadas pelos animais. A demanda dos estandes com artesanato, couro e produtos regionais, superou as expectativas com número de visitantes.


Junto também aconteceu a 1ª Expoleite, onde o 1º Concurso de Vaca Leiteira recebeu animais com grande capacidade de produção. Em 1 e 2º lugar ficou o pecuarista Rennê Alencar com as vacas Fortuna (41kg) e Madona (39.90kg) – já as vacas Viana (20Kg) e Soberana (18Kg) do pecuarista Moraes, também de Parnamirim, ficaram em 3º e 4 lugar.


A exposição contou com mais de 300 animais entre caprinos e ovinos das raças Santa Inês, Dorper, Whiter Dorper, Anglo Nubiana, Boer, Saanen, Savana, Toggenburg, Alpina e Berganês, de dieferentes ranchos e fazendas da região. Animais bem avaliados, que foram a leilão, realizando grande negócio. 21 lotes foram vendidos com média de R$ 5 mil cada animal, apresentando um faturamento total cerca de R$ 200 mil.


O prefeito Nininho Carvalho ressaltou a importância do evento para o desenvolvimento do pequeno, médio e grande negócio, no seguimento da caprinocultura, bovinocultura a apicultura. “nossa exposição era um sucesso, e a edição deste ano recebeu um destaque ainda maior. Recebemos visitantes e criadores de toda região, isso movimentou a economia da nossa Parnamirim de forma intensa. Valeu cada esforço da nossa gestão”, ressaltou o gestor.


De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Rural, o município é composto por 133 mil caprinos, 118 mil ovinos e 19 mil bovinos. Números que destacam Parnamirim como o terceiro maior município pernambucano em produção de caprinocultura. A produção de mel também é crescente no município. Na Expoparná as associações de agricultores familiares das comunidades rurais, Ribeira da Floresta, Barreirinho, Palestrina e Açude Velho, produtoras de mel, participaram da exposição.


A Expoparná contou com apoio do Governo de Pernambuco, incluindo o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Empresa de Turismo de Pernambuco (EMPETUR), e Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (ADAGRO).

2 visualizações0 comentário