Passo a passo para atualizar dados no Caixa TEM

Caso a PEC Emergencial seja aprovada no Congresso Nacional, o novo auxílio emergencial será pago a mais de 40 milhões de beneficiários. Para facilitar o acesso a base de dados na nova rodada, o banco recomendou que os clientes do Caixa TEM atualizem as informações no aplicativo.

Passo a passo para atualizar dados no Caixa TEM



(Imagem: Google

Com o avanço da votação da PEC Emergencial no Congresso Nacional e com a perspectiva do pagamento do novo auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal, responsável pelo repasse do valor aos beneficiários, pede que os clientes do Caixa TEM atualizem os dados no aplicativo a partir desta quinta-feira (11).


A Caixa divulgou o calendário de atualização dos dados, pois esse ocorrerá de forma escalonada para não congestionar o sistema. Sendo assim, seguirá o mês de nascimento dos clientes e, portanto, nesta quinta-feira será a vez dos nascidos em janeiro e fevereiro.


No dia seguinte, sexta-feira (12), os nascidos nos meses de março e abril devem atualizar os seus dados no Caixa TEM. Dessa maneira, o calendário segue na próxima semana, tendo a permissão de atualizar os dados na segunda-feira (15) os nascidos entre os meses de maio e junho.

Em seguida, será a vez dos nascidos em julho e agosto na terça-feira (16), setembro e outubro na quarta-feira (17). E, por fim, os nascidos em novembro e dezembro na quinta-feira (18).

Dessa maneira, a ideia da Caixa Econômica Federal é que, até o fim da próxima semana, todos os clientes estejam com os dados atualizados, antes do início do pagamento do novo auxílio.

Atualizar o cadastro no Caixa TEM

Segundo a Caixa Econômica, a atualização dos dados serve para dar mais segurança e praticidade aos clientes. O processo é todo online através do aplicativo, na área “Atualize seu cadastro”. Será necessário confirmar os dados pessoais ou alterá-los e enviar os documentos solicitados.


Os documentos, como foto, RG, CPF e comprovante de endereço, serão enviados pelo celular através de foto ou scannear pelo computador e envio como imagem. A não atualização pode fazer com que o beneficiário do auxílio emergencial 2020 deixe de receber a nova rodada de pagamentos.


J

2 visualizações0 comentário