Pazuello nega que esteja doente e diz que Bolsonaro não o demitiu


Em meio à pressão para a sua substituição, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse neste domingo (14) que segue à frente da pasta e que o presidente da República, Jair Bolsonaro, não pediu que entregue o cargo.


O ministro também negou que esteja doente.


“Não estou doente, o presidente não pediu o meu cargo, mas o entregarei assim que o presidente pedir. Sigo como ministro da saúde no combate ao coronavírus e salvando mais vidas”, afirmou Pazuello por meio de sua assessoria de imprensa.


Do G1

0 visualização0 comentário