Previsão do tempo indica chuva forte em quatro regiões do país

Previsão do tempo indica chuva forte em quatro regiões do país Para esta terça, 23, são esperados mais de 50 mm em alguns pontos de Santa Catarina, com chance para queda de granizo. Observe na previsão do tempo para terça-feira, 24

Sul O tempo permanece fechado e a chuva acontece a qualquer hora do dia no centro ao leste de Santa Catarina e pode vir com volumes mais expressivos em todo o estado catarinense, litoral e sul do Paraná e no norte do Rio Grande do Sul. Alguns pontos da faixa leste catarinense podem acumular mais de 50mm.

A previsão do tempo chama a atenção para as rajadas de vento que podem chegar aos 50 km/h na região Sul, e os riscos para queda de granizo são maiores no sudoeste e sul do Paraná, no oeste de Santa Catarina e noroeste do Rio Grande do Sul. Pelo centro sul gaúcho, as chuvas são mais isoladas, e em pontos do centro paranaense. Já no norte do Paraná, o tempo já fica firme, seco e quente, devido à entrada de uma massa de ar mais seca. Pelo Paraná e no oeste gaúcho e catarinense durante à tarde faz calor, já no sudeste catarinense e pelo sul e leste gaúcho as temperaturas ficam ainda baixas no decorrer do dia.

Sudeste Boa parte do estado de São Paulo e os demais estados da região Sudeste terão tempo firme, com calor e baixa umidade à tarde, por conta da presença de uma massa de ar seco que inibe a formação de nuvens carregadas.

Por outro lado, na região de Registro, o litoral sul paulista e Baixada Santista ainda chove de maneira isolada e passageira, com trovoadas e rajadas de vento. Atenção que os acumulados podem ser pontualmente elevados nessas áreas, em especial no litoral sul e em Registro, com mais de 30mm previstos. Neste caso, a chuva está associada à alta umidade que vem do mar, trazida pela circulação dos ventos de uma área de alta pressão atmosférica no oceano, mais a presença do calor.

Centro-Oeste Um Vórtice Ciclônico nos Altos Níveis da Atmosfera (VCAN) ainda provoca chuva forte pelo Mato Grosso, o extremo oeste de Goiás e o centro oeste do Mato Grosso do Sul. A previsão do tempo mostra que os acumulados são mais elevados no noroeste de Mato Grosso. Ainda há riscos para raios, rajadas de vento de mais de 50km/h e queda de granizo entre os estados do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso e no extremo sudoeste de Goiás. Porém, uma massa de ar seco avança pelo Centro-Oeste e inibe a formação de nuvens no Distrito Federal, na maior parte de Goiás e na faixa leste de Mato Grosso, onde o que predomina é o sol e o calor da tarde. Além disso, no meio da tarde também tem umidade do ar que cai bastante, atingindo níveis críticos, abaixo dos 30%.

Nordeste A meteorologia indica para a presença da chuva, que vai desde o Maranhão até o litoral da Bahia, passando por boa parte do Ceará e do Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas e Paraíba. As precipitações vêm na forma de pancadas fortes ao longo do dia, com raios e rajadas de vento. Atenção aos volumes mais elevados, com potencial para alagamentos entre o norte do Piauí e o Rio Grande do Norte, além da umidade que vem do mar. Por fim, o tempo será firme na maior parte da Bahia, onde tem previsão de calor e de baixa umidade do ar.

Norte A chuva ganha força no Amazonas, Roraima, Acre e norte de Rondônia, tudo por conta do calor, da alta umidade, e mais a presença do Vórtice Ciclônico nos médios níveis da atmosfera entre o AC, RO e AM. A previsão do tempo indica para precipitações com mais de 50 mm no Amazonas e em Rondônia, incluindo suas capitais. Com isso, atenção aos alagamentos, deslizamentos de terra, e inundações, além de cheias. E nessas áreas as chuvas ocorrem de maneira intensa no decorrer do dia.

Nas demais áreas da região nortista, a precipitação vem com mais forte a partir da tarde, mas ocorrendo em pontos isolados, com raios e ventos. A maioria associada ao calor e a alta umidade. No sudeste do Tocantins, o tempo continua aberto, com temperaturas elevadas e baixa umidade do ar no meio da tarde.


Por Canal Rural com informações da Somar

1 visualização0 comentário