Queda na vacinação traz de volta a rubéola, caxumba, catapora e sarampo




Doenças que já tinham sido erradicadas no Brasil estão ressurgindo com a diminuição da vacinação. Doenças como rubéola, caxumba, catapora e sarampo já são vistas novamente no País, especialmente agora com o controle gradativo da Covid-19.


De acordo com matéria do Correio Braziliense, estudo técnico produzido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostra que nenhuma das regiões do País conseguiu atingir patamares mínimos entre os imunizantes disponíveis contra sarampo, caxumba, rubéola e catapora.


A meta de imunização pela vacina tríplice viral — que protege contra sarampo, caxumba e rubéola — prevista pelo Ministério da Saúde é de 95%. Dados coletados pelo DataSUS e organizados pela CNM revelam que essa cobertura caiu nos últimos anos. Em 2019, a segunda dose da tríplice viral alcançou 81,55% do público alvo. No ano passado, só 49,62% desta população foi atingida.


O Ministério da Saúde lançou no início deste mês a Campanha de Vacinação contra a Influenza e Sarampo, que será dividida em duas etapas e os primeiros a serem vacinados serão os idosos acima de 60 anos e trabalhadores de saúde. O dia “D” de vacinação contra o sarampo está marcado para 30 de abril.

0 visualização0 comentário