SALGUEIRO: a renomada historiadora Eudócia Andrade morreu da Covid-19 mesmo após vacina do Butantan


A historiadora Eudócia Andrade de Sá, morreu na segunda-feira (7), aos 73 anos, após complicações da covid-19. Colegas de profissão e alunos lamentaram a morte da professora nas redes sociais.


“Pude, com você em vida, agradecer a professora pelos momentos do tempo de colegial, que sedimentaram muitos degraus da minha formação e percepção de mundo, não apenas para com a escolha de minha profissão, mas, pelos reflexos em minha vida,” publicou um ex-aluno.

Dona Eudócia já havia se vacinado contra a Covid-19, segundo a lista de vacinados disponibilizada pela Secretaria de Saúde, em 26 de março. Ela recebeu a vacina da Coronavac, do Instituto Butantan.


Em Salgueiro, a professora se destacou lecionando história durante décadas na Escola Professor Paulo Freire. Ela deixa filhos e netos.


Pauta de Hoje

40 visualizações0 comentário